sexta-feira, 20 de julho de 2012

O FALAR GAUCHESCO




O falar gaúcho é um dialeto do português falado no Rio Grande do Sul. Fortemente influenciado pelo espanhol e pelo guarani, especialmente nas áreas próximas à fronteira do Uruguai, com empréstimos do italiano, possui diferenças lexicais e semânticas muito numerosas em relação ao português padrão - o que causa, às vezes, dificuldade de compreensão do diálogo informal entre dois gaúchos por parte de pessoas de outras regiões do Brasil.
Foi publicado um dicionário "gaúcho-brasileiro" pelo filólogo Batista Bossle, listando as expressões regionais e seus equivalentes na norma culta.

A fonologia é bastante próxima do espanhol platino, sendo algumas de suas características a não vocalização do "l" em "u" no final de sílabas, e a menor importância das vogais nasais, praticamente restrita à vogal "ã" e aos ditongos "ão" e "õe". Gramaticalmente, uma das características mais notáveis é o uso do pronome "tu" em vez de "você" (diferente do usado em São Paulo), mas com o verbo na terceira pessoa ("tu ama", "tu vende", "tu parte"). 

Palavras

* ancinho = rastilho
* aprochegar = aproximar-se, chegar perto;
* atucanado = atrapalhado, cheio de problemas;
* baita = grande, crescido;
* bergamota = tangerina;
* borracho = bêbado;
* branquinho = beijinho (doce);
* brigadiano = policial militar
* cacetinho = pão francês;
* cancheiro = pessoa que tem experiência e/ou habilidade em alguma coisa
* carpim = meia de homem
* chapa = radiografia
* chapa = dentadura
* chavear = trancar com a chave;
* china = mulher de vida fácil;
* chinoca = mulher;
* colorado = torcedor do Internacional;
* corpinho = sutiã;
* cuecão = ceroula;
* cupincha = camarada, companheiro, amigo;
* cusco = cachorro, cão pequeno;
* entrevero = mistura, desordem, confusão de pessoas, animais ou objetos;
* fatiota = terno;
* folhinha = calendário;
* gaudério = gaúcho;
* guria = menina, moça;
* lomba = ladeira;
* melena = cabelo;
* negrinho = brigadeiro (doce);
* pandorga = papagaio, pipa;
* parelho = liso, homogêneo;
* patente = vaso sanitário;
* pebolim = totó, fla-flu;
* pechada = batida, trombada (entre automóveis)
* pedro e paulo = dupla de policiais militares;
* peleia = briga;
* piá/guri = menino;
* pila = palavra regional que dá nome a moeda nacional, no caso o Real (ex: 10 pila, 25 pila - usa-se sempre no singular);
* prenda = mulher do gaúcho;
* quebra-molas = lombada;
* sarjeta = meio-fio;
* sestear = dormir depois do almoço;
* sinaleira = semáforo;
* tchê = pessoa, "cara";
* terneiro = bezerro;
* trava = freio, breque;
* tri = muito (ex: trilegal, tribonita);
* veranear = passar o verão;
* vivente = criatura viva, pessoa, indivíduo;

O FRIO NO PAMPA






Fonte de pesquisa:
http://poesia-rs.blogspot.com.br/2008/06/gacho.html

http://www.olaserragaucha.com.br/multimidia/galerias/87/Humor.html
http://maralanez.wordpress.com/2007/07/13/inverno-gaucho/
http://ilhaminuano.wordpress.com/category/poemas-e-contos/


Até a próxima...



Um comentário:

  1. Deixo aqui meu blog para aprender espanhol / castelhano do Rio da Prata que compartilha muitas palavras com o falar gaúcho
    http://eaimuchacho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir